O Seu Centro Médico em Lisboa

 

O DIU ou Dispositivo Intra Uterino é uma pequena peça de plástico recoberta com cobre que é colocado dentro do útero.

DIU.

 

O DIU tem uma eficácia de 99,4% sendo esta semelhante à pilula (eficácia 99,7%) O DIU é uma boa opção para mulheres com filhos que não pretendam voltar a engravidar mas não desejam contraceção definitiva ou para mulheres que não pretendam uma gravidez a curto prazo.

O DIU tem uma duração de 3 a 10 anos, podendo ser removido a qualquer momento. O dispositivo é colocado no útero pelo médico, preferencialmente na altura da menstruação, podendo no entanto ser colocado em qualquer altura. O DIU necessita de um controlo por ecografia anualmente.

  

Perguntas Frequentes

 

Como funciona o DIU ?

O DIU é um método eficaz?

Quais as vantagens do DIU?

Que tipo de mulher deve usar o DIU?

Mulheres que nunca engravidaram podem usar o DIU?

Quando a pode a mulher engravidar após retirar o DIU?

Quais os efeitos colaterais do DIU?

Quais são as contra-indicações do DIU?

 


 

 

 

Como funciona o DIU ?

O DIU atua através de um efeito pré-concecional, ou seja, antes de ocorrer a fecundação/gravidez impedindo que os espermatozoides cheguem ao óvulo (célula feminina que em combinação com o espermatozoide dará origem à gravidez) e através da alteração do transporte, lesão e destruição do óvulo. No entanto, também atua por mecanismos pós-fertilização através da destruição do ovo fertilizado, que ocorre antes que este se implante no útero.

 

O DIU é um método eficaz?

0 DIU e um dos métodos anticoncepcionais mais eficazes, com uma falha estimada de 0,6%, comparativamente a 0,3% das pilulas anticoncecionais quando corretamente tomadas.

 

Quais as vantagens do DIU?

As vantagens do DIU consistem numa contraceção eficaz a longo prazo, que não obriga à toma diária de comprimidos, na sua ausência de hormonas e dos seus consequentes efeitos indesejáveis. Por outro lado, o DIU de cobre por não apresentar hormonas pode ser colocado na maioria das mulheres a quem os contracetivos hormonais estão contraindicados. Por outro lado, apesar de fornecer uma contraceção a longo prazo pode ser removido em qualquer momento e a fertilidade restabelecida de imediato.

 

 

Que tipo de mulher deve usar o DIU?

O DIU pode ser colocado em todas as mulheres, estando principalmente indicado em mulheres que já tiveram filhos. Pode ser colocado após o parto pois não interfere com a amamentação. O DIU pode também ser usado como contracetivo de emergência quando colocado até 5 dias após uma relação sexual não protegida. O DIU está desaconselhado em mulheres que apresentam malformações uterinas, alergia ao Cobre, anomalias do útero que distorcem o local onde será colocado o DIU (endométrio), perda de sangue durante ou fora da menstruação de causa não identificada, antecedentes de infeção do útero recente ou antecedentes de cancro relacionado com a gravidez.

 

 

Mulheres que nunca engravidaram podem usar o DIU?

Sim, também estas mulheres podem beneficiar do uso do DIU devendo ser avaliadas pelo seu médico

 

Quando a pode a mulher engravidar após retirar o DIU?

A retirada de um DIU pode ser feita em qualquer momento do ciclo menstrual. As mulheres que são usuárias do DIU recuperarão a sua fertilidade num curto período de tempo, mesmo após uso prolongado. O retorno da fertilidade ocorre de modo semelhante a outros métodos anticoncecionais

 

Quais os efeitos colaterais do DIU?

Os efeitos colaterais mais comuns são o aumento do fluxo menstrual e o aumento das cólicas menstruais. Estes efeitos podem ser controlados com a utilização de medicamentos, sempre sob supervisão médica. Geralmente, após os primeiros três meses de utilização, estes sintomas tendem a normalizar.

 

 

Quais são as contra-indicações do DIU?

Como todos os métodos anticoncecionais, o DIU também apresenta contraindicações. 0 DIU não deve ser usado perante a suspeita de gravidez ou gravidez confirmada; suspeita ou presença de tumores uterinos; em casos de sangramento vaginal sem causa conhecida; nas más formações uterinas e na presença de infeções ginecológicas. Para maiores detalhes sobre este assunto, consulte seu médico.

 0 DIU está mais indicado naquela mulher que já tem filhos e quer espaçar mais a próxima gravidez (3-5 anos), ou quando a família já está completa; nas mulheres que apresentam contra-indicações aos métodos anticoncepcionais hormonais (pílula, injeção); logo após o parto, no período de amamentação, visto que este método não interfere na amamentação.